Arquivo da categoria: Anopheles

Malária

  No Brasil, após a realização da campanha de erradicação, durante a década de 60, o número de casos de malária atingiu o seu valor mais baixo: 52.469 casos, confinando-se a transmissão, praticamente, à região amazônica. A manutenção da transmissão, após a campanha, foi atribuída à baixa densidade e à dispersão populacional na Amazônia, que dificultam a execução das ações de controle; ao tipo de habitação predominante nessa área que facilita os contatos homem-mosquito e atrapalha a aplicação de DDT; e ao aumento progressivo das cepas de Plasmodium falciparum resistentes à cloroquina, impedindo o esgotamento das fontes de infecção, com os recursos habitualmente utilizados (OPS, 1975).
MORFOLOGIA – Plasmodium – Malária

Estas formas abaixo podem aparecer no sangue circulante e são usadas para diagnóstico específico.

  •  Esporozoíto – é a forma infectante que o mosquito inocula no homem.
  • Trofozoíto jovem – tem um aspecto de anel.
  • Trofozoíto maduro – o citoplasma é irregular e com vacúolo.
  • Esquizonte – o citoplasma é irregular e vacuolizado
  • Rosácea – cada fragmento do núcleo, acompanhado de uma porção de citoplasma.
  • Merozoíto – é uma forma ovada contendo um núcleo, pequena porção de citoplasma, é forma assexuada.
  • Macrogametócito – é a célula sexuada feminina.
  • Microgametócito – é a célula sexuada masculina.
  • Ovo ou zigoto – dentro do mosquito – têm forma esférica.
  • Oocisto – é o ovo encistado na parede do estomago do mosquito e dará origem aos esporozoítos.

 BIOLOGIA

Hábitat – varia conforme o ciclo evolutivo do parasito. Assim no homem temos formas parasitando hepatócitos durante a fase pré-eritrócítica e formas parasitando as hemácias durante a fase eritrocítica. No mosquito formas parasitas no estômago e  glândulas salivares.

CICLO BIOLÓGICO

É do tipo heteroxênico, onde o homem é o hospedeiro intermediário e o mosquito fêmea do gênero Anopheles é o definitivo.

  1. No homem – reprodução assexuada do tipo esquizogonia.
Fase pré-eritrocítica: fígado
 
Fase eritrocítica: hemácias

 

  

 

 2.  No mosquito – reprodução sexuada do tipo esporogonia.

Estômago e glândulas salivares.
 
   

























  

 

 



Anúncios